Banco Central do Peru mantém taxa de juros em 2,75% ao ano

Foto: G M/Flickr

Por Julieta Marino

São Paulo – O Banco Central do Peru manteve a taxa básica de juros do país em 2,75% ao ano, considerando que a inflação está dentro do intervalo da meta, que a atividade econômica do país não primária segue mostrando sinais de dinamismo e que os riscos ao crescimento da economia global foram mantidos.

Em um comunicado, divulgado ontem à noite, a entidade indicou que projeta que a taxa de inflação em termos anuais fique em torno de 2,0%, dentro do intervalo da meta. A taxa de inflação foi de 2,25% em março em base anual, e o núcleo da inflação foi de 2,6%.

“O Conselho considera apropriado manter a posição expansiva da política monetária, desde que as expectativas de inflação permaneçam ancoradas em um ambiente em que o nível de atividade econômica se encontre abaixo do potencial”, diz o comunicado.

Na reunião, o Conselho concordou em manter as taxas de juros de operações de empréstimos e depósitos do banco central em moeda nacional com o sistema financeiro efetuadas fora de leilão. A próxima reunião de política monetária do Peru será no dia 9 de maio de 2019.

Tradução: Cristiana Euclydes

Compartilhe com seus amigos