Banco central da Coreia do Sul corta taxa de juros de 1,75% para 1,5%

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O Banco da Coreia do Sul (BoK, na sigla em inglês) cortou a taxa básica de juros do país em 0,25 ponto percentual (pp), de 1,75% para 1,50%, e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e da taxa de inflação sul-coreana para este ano foi revisado para baixo.

(FreeImages.com/Raphael Pto)

Segundo o BoK, o crescimento econômico global continuou a desacelerar, “uma vez que o comércio se contraiu principalmente devido à disputa comercial entre os Estados Unidos e a China”. Além destes acontecimentos, o banco disse que vai monitorar as restrições de exportações do Japão e outros riscos à economia da Coreia do Sul.

“O ritmo de crescimento da economia doméstica desacelerou, na medida em que o investimento em construção continuou a sofrer um ajuste e a desaceleração nas exportações e no investimento em instalações se aprofundou”, de acordo com o banco central.

Além disso, a taxa de inflação do país segue fraca, marcando 0,7% em junho em base anual, em consequência do continuado declínio dos preços do petróleo.

Diante deste cenário, o BoK revisou para baixo sua projeção para a alta do PIB de 2019, de 2,5% para 2,2%, enquanto a estimativa para 2020 ficou inalterada em 2,5%. Já a projeção da taxa de inflação caiu de 1,1% para 0,7% em 2019 e ficou inalterada em 1,3% para 2020.

“Acreditamos que o BoK iniciou um novo ciclo de afrouxamento com o corte de taxas de hoje”, disse o analista do Société Générale, Suktae Oh. “Esperamos dois cortes adicionais de 0,25 pp no atual ciclo de afrouxamento, um no 4T19 e outro no 1T20”, concluiu.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com