Atividade industrial da Alemanha aprofunda queda em maio

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial da Alemanha caiu para 44,3 pontos em maio, ante 44,5 pontos em abril, de acordo com dados preliminares divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI industrial alemão caiu devido a influências negativas do emprego, estoques de compras e componentes dos tempos de entrega de fornecedores. Junto à recente baixa de março, a leitura de maio foi a segunda mais fraca em quase sete anos.

“Os indicadores industriais para produção, encomendas e vendas de exportação todos aceleraram de sues pontos baixos no primeiro trimestre, embora permanecendo entre os mais frágeis desde 2012”, disse o economista principal do IHS Markit, Phil Smith.

“No entanto, os esforços crescentes dos produtores de bens para agilizar as forças de trabalho significa que os números de trabalho de fábrica estão caindo agora na taxa mais íngreme em mais de seis anos”, acrescentou.

Ele disse ainda que as perspectivas para os próximos 12 meses permanecem pessimistas, em meio a persistentes tensões no comércio global, embora a pesquisa tenha mostrado que os temores de desaceleração podem ter começado a se espalhar para o setor de serviços.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com