Atividade do setor de serviços alemão sobe em março

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da Alemanha subiu para 55,4 pontos em março, de 55,3 pontos em fevereiro, para seu maior nível desde setembro de 2018, segundo dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit. A leitura preliminar mostrava queda para 54,9 pontos.

Números acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, recuou para 51,4 pontos em março, de 52,8 pontos em fevereiro. A versão preliminar havia mostrado 51,5 pontos.

Por trás do robusto crescimento na atividade de negócios estão uma demanda mais forte associada a um crescimento no número de consumidores. Tendo acelerado pelo segundo mês consecutivo, a taxa de aumento em novos negócios foi a mais alta desde setembro do ano passado.

O crescimento nos salários foi apontado como o principal fator por trás do aumento dos gastos das empresas. A alta no preço de custo foi marcada por padrões históricos, apesar de a taxa de inflação ter diminuído ainda mais a partir do recente pico de janeiro a uma baixa de 11 meses.

Quanto ao PMI composto, o relatório afirma que houve uma queda nos novos negócios pelo terceiro mês consecutivo, ligado à fraqueza da demanda sobre a indústria. Notavelmente, exportações de bens e serviços caíram para o maior patamar desde o primeiro dado comparável no fim de 2014.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com