Argumento para Fed cortar taxa de juros está mais forte, diz Clarida

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O argumento para o Federal Reserve (Fed, o banco central norte americano) cortar a taxa básica de juros dos Estados Unidos fortaleceu-se recentemente, disse o vice-presidente da instituição, Richard Clarida.

Vice-presidente do Federal Reserve, Richard Clarida (Foto: divulgação Fed)

“O caso para fornecer acomodação aumentou”, disse ele, em entrevista à “Bloomberg”. “Especialmente nas últimas seis ou oito semanas, tem havido elevada incerteza sobre as perspectivas.” Segundo ele, a perspectiva base para a economia dos Estados Unidos é boa, mas o crescimento deve moderar-se um pouco este ano e a incerteza aumentou.

“A economia está enfrentando algumas correntes cruzadas agora”, disse ele. “Houve uma redução nas perspectivas de crescimento global. Há incertezas sobre o comércio internacional”. Assim, Clarida afirmou que “agiremos de forma apropriada para sustentar a expansão”, da economia norte-americana.

Os comentários reforçam a mensagem dada aos mercados pelo presidente do Fed, Jerome Powell, na quarta-feira, após o banco central manter inalteradas a taxa de juros do país na faixa entre 2,25% e 2,50%. Powell disse que as incertezas às perspectivas aumentaram, e deixou a porta aberta para cortes de juros em breve.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com