Argentina inicia investigação para determinar motivos de apagão

Por Rafaela Aguiar

Buenos Aires – O governo da Argentina anunciou que foram iniciadas as investigações para determinar os motivos que resultaram no grande apagão que deixou o país e algumas regiões de países vizinhos sem energia por horas.

Foto: Jorge Girao / FreeImages.com

Segundo o secretário de Modernização da Nação, Andrés Ibarra, o assunto foi tratado durante a reunião de gabinete realizado hoje na Casa Rosada, junto com o presidente Mauricio Macri.

“O mais importante é que nos próximos 15 dias vamos reunir informações de toda a rede sobre o que se passou e que será analisada, é uma tarefa muito ampla porque se trata de um sistema interconectado de mais de 13 mil quilômetros de rede e que está computadorizado em diferentes pontos”, explicou Ibarra durante uma coletiva de imprensa após a reunião de gabinete.

O secretário adiantou que as primeiras avaliações de especialistas explicaram que foi uma “falha que pode ser simples na seção entre Colonia Elia (Entre Rios) e Mercedes (Buenos Aires), que foi isolado corretamente, mas que mais tarde levou a outro episódio na linha Colinia Elía-Belgrano, que foi desativada e não conseguir ser desativada através dos mecanismos automáticos.

Estes dados sobre o incidente foram anunciadas em uma coletiva de imprensa com o secretário de Recursos Renováveis e Mercado elétrico, Juan Antonio Garade, com o subsecretário de Mercado Elétrico, Juan Alberto Luchilo; com o titular da Companhia Administradora do Mercado Varejista elétrico (Cammesa), Jorge Ruiz Soto, e com o diretor da Transener, Carlos García Pereyra.

Tradução: Carolina Pulice

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com