Argentina e Brasil negociam acordo de livre-comércio com EUA, diz Macri

Por Rafaela Aguiar

Buenos Aires – O presidente da Argentina, Mauricio Macri, confirmou que seu governo está negociando junto ao Brasil um acordo de livre-comércio com os Estados Unidos, após a assinatura de um acordo entre o Mercosul e a União Europeia (UE) na semana passada.

Presidente da Argentina, Maurício Macri / Foto: Governo argentino/Maria Ines Ghiglione

“O ministro das Relações Exteriores, Jorge Faurie, me disse que estamos conversando com o Brasil para termos um acordo de livre-comércio com os Estados Unidos. O mundo está interessado em se relacionar conosco”, disse Macri, ao participar de um ato em celebração pelo dia das pequenas e médias empresas.

Além disso, o presidente defendeu o acordo entre o Mercosul e a UE, enfatizando que é falso que “prejudica o mercado argentino”. “Contra todos os medos que querem instalar, este acordo levou em conta todas as preocupações e vai gerar emprego. Nós vamos cuidar da nossa indústria”, acrescentou.

Por outro lado, em linha com as declarações de Macri, Faurie argumentou durante uma entrevista ao canal de TV “LN +” a possibilidade de avançar com um acordo com os Estados Unidos, ressaltando que “este complementaria o que acabamos de fazer com a UE”.

Com relação ao pacto com a UE, o chanceler explicou que as expectativas são de que entrará em vigor em 2021. “Montamos um esquema de redução tarifária que, para o lado do Mercosul, reduz consideravelmente o processo de adaptação. A maior parte dos produtos que virão da União Europeia começarão a chegar do ano sete ao 15. Então há um tempo a mais que o suficiente de adaptação”, ele esclareceu.

Tradução: Cristiana Euclydes

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com