Apple se une às empresas que ajudarão na reconstrução de Notre Dame

Por Carolina Gama

São Paulo – A Apple se juntou a um grupo de empresas que farão doações para ajudar na reconstrução da Catedral de Notre Dame de Paris depois que um incêndio ontem consumiu boa parte de um dos pontos turísticos mais famosos da França.

Catedral de Notre Dame de Paris/ Foto: Flickr

“Estamos com o coração partido pelo povo francês e por todo o mundo, para quem a Notre Dame é um símbolo de esperança. Aliviado que todos estão seguros. A Apple doará para ajudar nos esforços de restauração da herança preciosa da Notre Dame para as futuras gerações”, disse o executivo-chefe da Apple, Tim Cook, no Twitter.

Outras empresas já haviam se manifestado para apoiar financeiramente a reconstrução da catedral. A Kering – dona de marcas como Gucci, Saint Laurent e Alexander McQueen – prometeu 100 milhões de euros. Já o presidente da LVMH, Bernard Arnault, ofereceu 200 milhões de euros. A LVMH incluem Louis Vuitton, Christian Dior e Moet & Chandon Champagne.

De acordo com a agência Reuters, o grupo de cosméticos L’Oreal e seu acionista majoritário, a família Bettencourt Meyers e a fundação Bettencourt Schueller, disseram que doariam 200 milhões de euros.

A empresa francesa de energia Total contribuirá com 100 milhões de euros, enquanto as companhias aéreas Air France e Air France-KLM também prometeram apoio à reconstrução de Notre Dame.

A Notre Dame é um dos marcos mais famosos de Paris, atraindo milhões de turistas todos os anos. O edifício de 850 anos passava por obras e as autoridades francesas acreditam que a causa do incêndio pode estar relacionada a essa reforma.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com