Apesar de default da Venezuela, credores devem receber pagamentos, diz Moody’s

14/11/2017 17:36:27

Por: Julieta Marino / Agencia CMA Latam

Buenos Aires – A agência de classificação de risco Moody’s indicou que, embora o período de tolerância para o pagamento de juros dos títulos da Venezuela com vencimento em 2019 e 2024 tenha expirado e os documentos se encontrem em default técnico, os credores ainda podem receber o pagamento nos próximos dias.

“Se isso acontecer, esperamos que as perdas sejam bastante limitadas. No entanto, continuamos monitorando a atividade de pagamento nos próximos dias até 20 de novembro, quando o período de graça termina para os títulos com maturidade em 2025 e 2026”, disse o analista da Moody’s, Jaime Reusche.

O governo venezuelano instalou ontem o primeiro dia de renegociação e refinanciamento da dívida externa do país e da petrolífera PDVSA com os credores.

Sobre isso, a Moody’s indicou que “parece que nenhuma proposta de reestruturação clara da dívida pelas autoridades foi discutida, embora as autoridades tenham prometido cumprir os pagamentos até chegar a um acordo com os obrigacionistas.

O analista indicou que “a qualificação de ‘Caa3’ da Venezuela e sua perspectiva negativa incorporam um alto risco de inadimplência e um nível perda moderada para os detentores de títulos “.

Tradução: Carolina Gama

Edição: Gustavo Nicoletta (g.nicoletta@cma.com.br)

Deixar um comentário