Aneel aprova reajuste médio de 8,73% para Cemig Distribuição

Por Leandro Tavares

São Paulo – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o reajuste tarifário médio de 8,73% para os consumidores da Cemig Distribuição, que atende 8,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 774 municípios de Minas Gerais.

Sede da Aneel, em Brasília

Para os consumidores em alta tensão, o reajuste médio será de 7,89%, enquanto em alta tensão, a tarifa vai subir 10,71%. As novas tarifas entram em vigor em 28 de maio.

A bandeira tarifária contribuiu para reduzir em 4,96% o índice final da distribuidora mineira, assim como a Conta ACR que ajudou a derrubar em 2,85% o reajuste. A Conta ACR foi um mecanismo de repasse de recursos às distribuidoras para cobertura dos custos com exposição involuntária no mercado de curto prazo e o despacho de termelétricas entre fevereiro e dezembro de 2014.

O reajuste da Cemig foi impactado pelo aumento dos custos de aquisição de energia, como, por exemplo, da hidrelétrica de Itaipu que é precificada em dólar, além de custos associados à prestação do serviço. Além disso, o cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica e encargos setoriais.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com