Alckmin e Bolsonaro tem 30% de chance de vencer – Mizuho

09/08/2018 17:18:47

Por: Gustavo Nicoletta / Agência CMA (g.nicoletta@cma.com.br)

São Paulo – As eleições brasileiras estão no foco dos investidores porque devem definir o futuro do ajuste fiscal no país e continuam amplamente indefinidas, mas o Mizuho considera que os candidatos com mais chance de vencer são Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL). Ambos teriam 30% de probabilidade de vencer a disputa, seguidos por Fernando Haddad (PT), com 25%.

“A posição fiscal do país é fraca e reformas duras (na Previdência e na tributação, para citar alguns exemplos) exigirão um governo com vontade e poder para buscá-las”, afirmou o banco Mizuho em um relatório.

O Mizuho considera que o principal desafio de Alckmin será convencer os eleitores de que ele pode representar uma mudança, embora venha de um partido político tradicional que foi citado como pivô de esquemas de corrupção.

“A fraqueza da economia, os serviços públicos de má qualidade e os sucessivos escândalos de corrupção causaram uma profunda desconfiança na classe política. Não é de se surpreender que os candidatos tidos como anti-establishment, como Jair Bolsonaro, Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), continuem liderando pesquisas”, disse o banco.

“No entanto, suspeitamos que estes candidatos vão perder apoio uma vez quea corrida eleitoral comece, porque terão tempo limitado de televisão e menos recursos disponíveis para a campanha”, afirmou o Mizuho, reconhecendo, no entanto, que Bolsonaro tende a manter uma parcela significativa dos votos, em parte devido ao apoio ao candidato nas redes sociais.

Deixar um comentário