Ações do Itaú têm a maior queda do Ibovespa apesar de balanço dentro do esperado

Por Danielle Fonseca

São Paulo – As ações do Itaú Unibanco têm a maior queda do Ibovespa e chegaram a cair mais de 3% apesar de o resultado do segundo trimestre do banco ter vindo dentro do esperado pelo mercado. Na avaliação de analistas, o mercado está se antecipando e preocupado com a perda de ímpeto da receita de serviços de bancos como o Itaú, reflexo de uma maior concorrência no setor, além de ver uma retomada lenta da oferta de crédito.

Às 15h12 (horário de Brasília), as ações preferenciais do Itaú Unibanco (ITUB4), que são as mais negociadas, caíam 2,56%, a R$ 36,06, depois de terem chegado a atingir a mínima de R$ 35,66 mais cedo, caindo 3,62%.

“O lucro líquido do Itaú veio até levemente acima do esperado, mas as ações caíram assim como aconteceu com o Bradesco quando divulgou o seu balanço. O mercado está preocupado com a possibilidade de perdas de receitas de serviços nos próximos trimestres, em um cenário que o crédito ainda não reagiu fortemente”, disse o sócio da RJI Gestão e Investimentos, Rafael Weber.

Para Weber, o mercado deve continuar digerindo os resultados do banco, já que ainda há números positivos e iniciativas anunciadas como um programa de demissão voluntária, porém, as ações do setor podem não “andar” tanto no curto prazo. “O setor bancário pode continuar sofrendo alguma pressão. O crescimento de bancos digitais está sangrando um pouco os bancos tradicionais, eles já estão se movimentando, mas o mercado pode penalizar um pouco”, disse.

Já o analista da XP Investimentos, Andre Martins, ainda espera um segundo semestre mais forte para o Itaú depois de um segundo trimestre dentro do esperado. Porém, destaca que o desempenho do banco ainda está abaixo dos seus pares em termos de crescimento de carteira e margem com clientes.

“O seu desempenho operacional não deverá ser suficiente para justificar uma mudança de preferência dentro de nossa cobertura. Seguimos com o Bradesco como o melhor veículo no setor e mantemos nossa recomendação Neutra para ITUB (Preço-Alvo de R$40,00)”, afirmou em relatório.

O lucro líquido recorrente do Itaú Unibanco somou R$ 7,034 bilhões segundo trimestre, uma alta de cresceu 10,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Analistas consultados pela Agência CMA previam, em média, lucro líquido de R$ 7,024 bilhões.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com